Interseccções #81

INT (81)

“Como foi o teu dia?”, perguntou Helena sem desviar a atenção da frigideira. Verificou a chama, baixou um pouco, voltou a pôr como estava. O molho cheirava bem.

A ausência de resposta imediata da parte de Vítor, pela primeira vez em muito tempo, inquietou-a. Voltou a baixar a chama e olhou para trás.

Vítor estava encostado na ombreira da porta da cozinha: olhos raiados de sangue, camisa branca de igual modo conspurcada.

— in INTERSECÇÕES

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s