O Derradeiro Mal

Artur Marques é um agente da Brigada de Minas e Armadilhas, afastado do dever por conduta imprópria. Quando o seu irmão Vasco vem ter com ele, mais uma vez desesperado com problemas de dinheiro, Artur não tem como o ajudar. Como consequência disso, Vasco é raptado e Artur é obrigado a construir um engenho explosivo de grande potência em troca da vida do seu irmão.
Artur cede à chantagem apenas para contemplar a morte do irmão através desse mesmo engenho. 
Motivado pela dor, Artur decide perseguir os assassinos do irmão, ignorando que as coisas podem bem não ser o que parecem…

O Derradeiro Mal é uma história sobre dedicação e traição a uma causa, alicerçado numa trama complexa e frenética. Foi uma história mal recebida em alguns sectores pela sensibilidade de alguns dos temas abordados. Não foi minha intenção ferir a susceptibilidade de ninguém; apenas quis contar uma história, expôr uma hipótese. Artur Marques não existe (este, pelo menos), mas o que ele representa é universal e sobrepõe-se a tudo: o desejo de vingar a morte de um ente querido.

Leia um excerto desta obra aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s